Propostas aprovadas na Alesp buscam dar visibilidade e incentivar a prática de esportes

O mês de maio marca 11 anos em que se comemoram os dias do Automobilismo, do Futebol de Salão e do Taekwondo
30/05/2022 12:41 | Informativo | Karina Freitas

Compartilhar:

Imagem Ilustrativa - Fonte: Freepik<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-05-2022/fg287680.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a>

Com o objetivo de incentivar e valorizar o esporte, a Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo aprovou diversas normas ao decorrer dos anos, entre elas estão as leis 14.438/2011, 14.442/2011 e a 14.456/2011, responsáveis por instituir os dias do Automobilismo, do Futebol de Salão e do Taekwondo, que completam 11 anos neste mês de maio.

Surgindo logo após a invenção do carro, os primeiros registros de corridas foram na França. No Brasil, o automobilismo começou a ser praticado em 1908. O piloto pioneiro da prática no país é o paulistano Emerson Fitipaldi, que conquistou cinco vitórias em 1972, aos 25 anos. Além dele, também pode-se citar o tricampeão de Fórmula 1 Ayrton Senna, que marcou a história do automobilismo mundial. No calendário do Estado de São Paulo, o Dia do Automobilismo é comemorado em 12 de maio.

Por sua vez, o Dia do Futebol de Salão, ou Futsal, é comemorado em 14 de junho. A modalidade, que é uma variação do futebol, surgiu nos anos 30 no Uruguai, criada pelo professor de educação física Carlos Ceriani Gravier, e chegou ao Brasil em 1935. Atualmente, a Seleção Brasileira de Futsal acumula sete títulos mundiais.

Já o Dia do Taekwondo é comemorado em 16 de maio. A arte marcial sul-coreana surgiu há mais de 2000 anos e chegou ao Brasil nos anos 1970 trazida pelo mestre Sang Min Cho. O primeiro campeonato no país ocorreu em 1973. O objetivo do Taekwondo é tornar o praticante forte e saudável, fisicamente e mentalmente, além de ensiná-lo a ter respeito, disciplina e humildade.

Presidente da Comissão de Assuntos Desportivos da Alesp, o deputado Altair Moraes (Republicanos), que foi atleta de karatê, afirmou que a prática esportiva mostrou a importância dos valores que ele carrega. "Respeito às regras e aos adversários, disciplina, trabalho em equipe, são alguns valores que norteiam o meu caráter e a minha personalidade", exemplificou.

Moraes ainda apontou a necessidade de o esporte estar presente, não só nas instituições de ensino, mas também nas unidades socioeducativas, como uma alternativa para a recuperação de jovens infratores. "O esporte é um caminho para tirar as crianças e jovens das ruas, afastá-los do mundo da criminalidade e das drogas", disse.

Em 2009, a Alesp aprovou a Lei 13.918/2009, de incentivo ao esporte, que financiou 702 projetos em 2020. Em um período de quatro anos, foram repassados R$ 240 milhões em renúncias de receitas feitas pelo governo do Estado.

Além disso, ainda tramita uma proposta que fala do esporte como uma forma de defesa. O Projeto de Lei 643/2019, da deputada Janaína Paschoal (PRTB), determina que uma das aulas semanais de Educação Física seja destinada ao ensino de alguma modalidade de luta corporal às alunas, tanto no Ensino Fundamental como no Ensino Médio. O objetivo da medida é proporcionar às mulheres condições para se defenderem de toda forma de violência.

Outro ponto importante na prática esportiva são os benefícios a saúde. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), 1 em cada 4 adultos e 4 em cada 5 adolescentes no mundo não praticam atividade física dentro do volume esperado. O recomendado pelo órgão é que adultos façam de 150 a 300 minutos de atividade aeróbica moderada a vigorosa por semana. Após a análise, a instituição alertou sobre o risco de uma pandemia de problemas de saúde causadas pelo sedentarismo.