Estado de São Paulo Transparência ALESP

Analice Fernandes

Analice Fernandes é deputada estadual pelo PSDB e foi eleita para o seu quarto mandato com 151.407 votos, sendo a mulher mais votada do Estado de São Paulo.

É vice-presidente da Assembleia Legislativa, tendo sido eleita em 15 de março de 2017 por seus pares; no biênio 2015/2016 também assumiu a segunda vice-presidência da Casa.

Atualmente, ocupa a vice-presidência da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa e é membro da Comissão de Infraestrutura.

Analice é enfermeira e iniciou sua carreira política atuando na área da saúde, em 1989 na prefeitura de Taboão da Serra, tendo realizado um importante trabalho na organização da saúde do município.

Em 1997 torna-se Secretária da Ação Social em Taboão da Serra, cargo que ocupou até 2002. Frente à pasta Analice acumulou muita experiência e desenvolveu programas de geração de emprego e renda e de capacitação profissional.

Em 2002, foi eleita para o seu primeiro mandato como deputada estadual, com 100.114 votos.

Seu trabalho atuante nas bases e o atendimento prestado em seu gabinete e junto aos órgãos do governo do Estado fizeram com que seu mandato se expandisse rapidamente pela região sudoeste da grande São Paulo, região de Jales e a noroeste do Estado.

Na sua primeira reeleição sua votação passou de 100.114 votos para 140.587 e em seu terceiro mandato obteve 125.116 votos.

Analice faz questão de priorizar o atendimento as pessoas e entidades, assim como concentrar esforços para resolver cada problema a ela apresentado, o que faz com que o mandato faça a diferença na vida das pessoas e de seus municípios.

O trabalho da parlamentar não leva em conta o número de eleitores e possibilidades de votos, mas sim o impacto que a obra ou serviço causará na qualidade de vida das comunidades.

Analice tem importantes Leis aprovadas no combate à violência doméstica e também na área da saúde, como a criação do cargo de técnico de enfermagem nos quadros do Estado e também a permissão dos plantões para enfermeiros e outros profissionais de saúde, na rede pública de saúde estadual.