Áreas da Cohab em Ferraz de Vasconcelos são transferidas para o município

As matérias da seção Atividade Parlamentar são de inteira responsabilidade dos parlamentares e de suas assessorias de imprensa. São devidamente assinadas e não refletem, necessariamente, a opinião institucional da Assembleia Legislativa de São Paulo.
10/07/2020 14:51 | Atividade Parlamentar | Da assessoria do deputado Dr. Jorge Do Carmo

Compartilhar:

Dr. Jorge do Carmo (à esq.)<a style='float:right' href='https://www3.al.sp.gov.br/repositorio/noticia/N-07-2020/fg251133.jpg' target=_blank><img src='/_img/material-file-download-white.png' width='14px' alt='Clique para baixar a imagem'></a>

O deputado Dr. Jorge Do Carmo, com o vereador paulistano Senival Moura (PT), esteve em reunião com a direção da Cohab São Paulo, representada pelo Secretário adjunto de Habitação, Sr. Ricardo Ferreira, quarta-feira, oito de julho. Em pauta questões habitacionais e regularização fundiária, com foco nas áreas dessa Companhia da Capital em municípios como: Ferraz de Vasconcelos, Mauá, Carapicuiba e Itapevi, entre outros.

Em atenção à demanda antiga dessas cidades, o deputado reiterou a necessidade de transferência dessas áreas, muitas delas já com conjuntos habitacionais construídos há décadas, para jurisdição dos municípios onde estão localizados. Dr. Jorge do Carmo observou que essa medida é de interesse tanto da população como das autoridades municipais, pois isso garante mais agilidade nas iniciativas voltadas a benefícios para o local.

Além de milhares de habitações já construídas, há situações com terrenos vazios e áreas ocupadas por famílias de baixa renda, como em Ferraz de Vasconcelos. "A transferência dessas propriedades da Cohab para o município de origem significa importante passo para a regularização fundiária, agilização de futuros projetos habitacionais e inclusive o fim de conflitos fundiários com mais de 10 anos de pendência", destaca o deputado.

A direção da Cohab São Paulo, ao final da reunião, comunicou que as medidas necessárias para a transferência dos conjuntos e áreas existentes para os seus respectivos municípios estão sendo encaminhadas e muito em breve serão efetivadas. Boa notícia para essas cidades e para a população.