Estado de São Paulo Transparência ALESP
11/05/2017 20:31

Agora é lei: posto que fraudar combustível na bomba vai ter a licença cassada

Projeto de lei, aprovado na última semana na Assembleia Legislativa de São Paulo, recebeu a sanção do governador Geraldo Alckmin

Fabíola Altran


A partir de agora, se o posto for flagrado com a bomba adulterada terá a inscrição estadual cassada. Além disso, o proprietário do estabelecimento vai perder o direito de exercer esse tipo de atividade por cinco anos. A lei é de autoria do governo do Estado, por meio da Secretaria da Justiça. O secretário Márcio Elias Rosa destaca os benefícios para o consumidor e elogia a agilidade dos deputados na aprovação dessa proposta. Ele também informa como é possível denunciar o posto em caso de suspeita de fraude.