Estado de São Paulo Transparência ALESP
03/05/2017 21:08

Dono de posto que fraudar combustível na bomba terá inscrição de ICMS cassada

É o que determina um projeto de lei, de autoria do governo do Estado, aprovado na noite desta quarta-feira

Fabíola Altran


Pela proposta, o proprietário e até mesmo o sócio do estabelecimento ficam proibidos de exercer esse tipo de atividade por pelo menos cinco anos. O líder do governo na Assembleia, deputado Barros Munhoz, do PSDB, resume a medida como mais uma vitória para o cidadão. Já o líder do PT, deputado Alencar Santana Braga, defende um maior rigor na fiscalização dos postos de combustível, mas avalia que o projeto é um grande benefício para o consumidor.