Estado de São Paulo Transparência ALESP
10/01/2017 14:39

Atendimento das DDMs poderá ser ampliado no interior do Estado

O horário de atendimento das Delegacias de Defesa da Mulher (DDMs) localizadas no interior do Estado poderá ser ampliado, de acordo com proposta do 2º secretário do Poder Legislativo, deputado Edmir Chedid (DEM). A sugestão é que parte das DDMs funcione por 24h igual ao que ocorre na primeira unidade do gênero, na Sé, centro da.capital.

Download
DDMs só funcionam das 20h às 8h

O parlamentar explicou que os plantões noturnos da DDM Sé funcionam das 20h às 8h, com quatro equipes formadas por delegado, investigadores e escrivão. Aos sábados e domingos são dois turnos. "O atendimento em algumas das unidades do interior também precisa ser ininterrupto a exemplo do que ocorre na 1ª DDM da capital", comentou.

Edmir Chedid afirmou ainda que todas as delegacias de polícia estão aptas a registrarem as ocorrências de crimes cometidos contra a mulher. "Não há necessidade de procurar somente as DDMs, mas caso seja possível é melhor se dirigir a uma unidade de atendimento especializado. Por isso, defendemos que esta atividade seja ampliada ao interior", disse.

Atualmente, o Estado de São Paulo possui a maior estrutura em nível nacional no atendimento especializado à mulher, com 35,8% de todas as DDMs do Brasil. De acordo com a Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres, vinculada ao Ministério da Justiça e Cidadania, em todo o país existem 368 unidades. São Paulo, se comparado ao Rio de Janeiro, possui nove vezes mais DDMs.