Estado de São Paulo Transparência ALESP

Sede

Informações ou consultas: dsg-diretoria@al.sp.gov.br

Palácio 9 de Julho

Em  1968, ano das grandes movimentações políticas e protestos que agitaram o Brasil e o mundo, a Assembleia ganhou uma nova sede. Erguido em frente ao parque Ibirapuera e batizado como Palácio 9 de Julho, em homenagem ao dia do início do movimento constitucionalista de 1932 e da promulgação da Constituição Estadual de 1947, o prédio é símbolo de modernidade. Nele foram investidos 5 anos, 6 meses e 23 dias de trabalho. Cerca de mil trabalhadores se revezaram dia e noite na etapa final de construção. A inauguração aconteceu numa data solene: 25 de janeiro, dia em que a cidade comemorava seu 414º aniversário.

Para a época, o projeto era monumental. De autoria dos arquitetos Adolfo Rúbio Moraes e Fábio Kok de Sá Moreira, segue a escola modernista, influenciado pelo estilo de Oscar Niemeyer. O edifício, de 36 mil metros quadrados, é uma construção retangular, em um único bloco, revestida de granito cinza e mármore branco. Estruturas de vidro e metal compõem, com as grandes rampas, o ambiente da Casa do Povo

Inaugurado pelo então governador Abreu Sodré que presidira a Assembleia de 1960 a 1963, o Palácio 9 de Julho é a quarta sede do Legislativo paulista, que, desde sua fundação, em 1835, passou pelo Colégio dos Jesuítas (Palácio do Governo), no atual Pátio do Colégio, pelo "Casarão do João Mendes", onde hoje é a praça João Mendes, e pelo Palácio das Indústrias, no parque D. Pedro II.

O Palácio 9 de Julho consolida-se como símbolo da democracia: um dos mais importantes centros cívicos do Estado.


Lista Telefônica

PABX: 3886-6000

Central de Atendimento ao Cidadão: 0800-77-ALESP (0800-77-25377)

CNPJ: 59.952.259/0001-85


Mapa de Localização

mapa de localização da alesp

Endereço: Av. Pedro Álvares Cabral, 201. São Paulo - CEP 04097-900.

A entrada principal, destinada ao público, é aquela que fica em frente ao lago do parque Ibirapuera e dá acesso ao térreo. O Plenário fica no 1º. O ingresso no Plenário, onde ocorrem os debates e votações, é livre. As sessões são realizadas de segunda a sexta-feira, às 14h30. O público assiste das galerias, com acesso pelo 1.º andar. Da entrada principal, basta tomar o elevador ou subir um lance de escadas.

Há outras três entradas, uma de cada lado do edifício: o Hall Monumental, no Andar Monumental, onde ocorrem diversos eventos e por onde entram as autoridades em visita à Casa; a rampa de entrada dos deputados, também no Andar Monumental, mas com frente para a rua Abílio Soares; e a rampa em frente ao Comando Militar do Sudeste.

O Departamento de Documentação e Informação, especializado em legislação e assuntos jurídicos, está instalado no 3º andar. Atende a consultas com base em seu acervo de mais de 10.000 títulos e fornece orientações básicas quanto ao acesso e solicitação de informações públicas sobre a ALESP.