Estado de São Paulo Transparência ALESP

Roberto Tripoli

Publicitário por formação, ambientalista por opção, desde muito jovem Roberto Tripoli atuou na militância ambiental e na defesa da vida animal. Na década de 70, trouxe da Europa as idéias e ideais do nascente movimento dos “verdes”. Fundou e presidiu a ONG Social Pró-Verde e coordenou a Apedema (Assembléia Permanente de Entidades em Defesa do Meio Ambiente do Estado de São Paulo), reunindo 120 entidades. 

Roberto Tripoli ajudou a fundar o Partido Verde brasileiro. Lançado na política pelos ecologistas, foi eleito vereador em São Paulo em 1988, e reeleito seis vezes, tendo sido, em 2012, o vereador mais votado do país, com 132.313 votos. Em 2014, foi eleito deputado estadual com 232.467 votos. 

Como vereador, aprovou leis e criou políticas públicas lutando por uma cidade mais humana, ambientalmente sustentável, para as pessoas e todas as outras formas de vida. Tripoli sempre trabalhou pela transparência na gestão pública e no parlamento, principalmente durante seus dois mandatos como presidente da Câmara Municipal (2005-2006). 

O vereador verde criou a Lei da Cidade Limpa e é autor de leis de controle da poluição sonora, que embasaram a implantação do Psiu. 

Entre as várias conquistas de Tripoli para os animais, destaca-se, na década de 1990, o hospital da prefeitura para atendimento de animais silvestres. Em 2012, conquistou o primeiro hospital público veterinário, totalmente gratuito, para cães e gatos. E, em 2014, conseguiu que a prefeitura instalasse a segunda unidade. Além disso, a Capital tem o maior programa público e gratuito do mundo de castração de cães e gatos, que já esterilizou mais de 700 mil animais. 

Tripoli conquistou ainda o cardápio vegetariano nas escolas da rede pública municipal, para que as crianças conheçam novos sabores com uma alimentação menos impactante para a vida animal, para as pessoas, para o planeta.