Estado de São Paulo Transparência ALESP

Rita Passos

Pedagoga e empresária. Foi presidente do Fundo Social de Solidariedade de Itu, em sua gestão criou o Centro de Capacitação Profissional de Itu, o Centro de Convivência Dia para Idosos e o projeto Nova Vida, que recupera dependentes químicos e alcoólicos. Foi eleita em 2006, com quase 80 mil votos, liderando a bancada do Partido Verde na Assembleia Legislativa. É autora de importantes Leis, entre elas, a que institui a Política Estadual de Educação Ambiental e a que cria o Dia Estadual do Plantio de Mudas de Árvores Nativas. De 2009 a 2010 assumiu a Secretaria Estadual da Assistência e Desenvolvimento Social. Criou o "Quero Vida", programa de atendimento a idosos semidependentes, e o "Complementando Renda Cidadã", que são cursos de qualificação profissional custeado pelo Estado aos atendidos pelo programa "Renda Cidadã". No programa "Renda Cidadã" dobrou de R$ 100,00 para R$ 200,00 a renda per capita as famílias. No programa "Ação Jovem" fez parceria com o Senac para qualificar os jovens. Percorreu 26 regiões do Estado divulgando a possibilidade de entidades assistenciais se beneficiarem com a Nota Fiscal Paulista. No seu primeiro mandato conquistou para mais de uma centena de municípios a liberação de verbas para infraestrutura, melhorias na malha viária e rodoviária, verbas para investimentos em Saúde, Educação, recursos para entidades assistenciais, etc. Em 2010 foi reeleita com quase 155 mil votos, sendo a deputada mais votada no Brasil, entre os deputados estaduais e federais de seu partido. A partir de 6 de outubro de 2011 filiou-se ao PSD - Partido Social Democrático.